Tipos de URLs

A sigla em inglês URL significa Uniform Resource Locator e é uma maneira de localizar páginas, vídeos, áudios, documentos, pastas e contas de email na Internet. Um URL pode ser gravado em um navegador da Web para acessar o conteúdo de um site ou pode ser usado para recuperar materiais em um computador ou servidor. URLs comumente usados ​​incluem os protocolos: “http”, “ftp”, “arquivo”, “mailto” e “telnet”.

HTTP

O URL cuja sintaxe começa com HTTP (sigla para Hypertext Transfer Protocol) é a maneira padrão de acessar sites com navegadores usados ​​na Internet. As quatro partes de um endereço de URL HTTP correspondem ao esquema, servidor, porta e rota, que serão exibidos da seguinte forma:

“Esquema: // servidor: porta / caminho”

O esquema se refere ao local em que a sintaxe “http” está localizada, que informará o navegador da Web sobre o tipo de protocolo a ser usado para recuperar o arquivo. Um servidor especifica o site exclusivo onde a página ou documento que você está tentando acessar está hospedado. Vários servidores podem usar o mesmo nome de domínio, mas cada um possui um sufixo específico que serve exclusivamente para se identificar, o tipo de site e as informações que ele contém. As tags de servidor mais comuns são: “.gov” usado por sites governamentais; “.edu” é comum em instituições educacionais; “.org” é um sufixo usado por organizações sem fins lucrativos e “.net”, como “.com”, é para empresas ou organizações.

Uma porta em um URL HTTP é a maneira como o navegador acessa o servidor, que não aparece no URL, pois o número da porta padrão de uma página da web é 80 e a porta que também foi padrão para um servidor. O site seguro é 443.

O caminho na parte da URL HTTP reconhece o documento ou artigo específico que você está tentando visitar. Quando você o deixa em branco, o navegador da Web pesquisa um “índice” de arquivos padrão usando qualquer um dos seguintes sufixos: “.htm”, “.html” ou “.php” como a marca de fechamento.

O conhecimento de um URL não garante que você possa acessar o site de vinculação, pois algumas páginas e recursos são protegidos por uma senha.

FTP

A sintaxe de uma URL pode usar o FTP (protocolo de transferência de arquivos) para solicitar ou enviar documentos de um servidor da web. Este processo pode ser controlado por um programa FTP ou com um navegador da web. A maioria dos servidores exige uma senha e um nome de usuário válido para acessá-los. Sua sintaxe pode ser algo como:

ftp: // usuário: senha @ servidor: porta / caminho

Alguns servidores permitem acesso anônimo, se o URL for escrito da seguinte maneira:

ftp: // servidor: porta / caminho

ARQUIVO

A URL que contém o protocolo FILE é usada para identificar e acessar uma página da web, com arquivos ou documentos no seu computador. Este protocolo pode ser escrito no navegador da web ou no gerenciador de arquivos, como o Windows Explorer. O URL deve se parecer com:

arquivo: // servidor / caminho

MAILTO

Usar um URL MAILTO significa criar um link no qual você pode clicar e iniciar um email para um endereço especificado pelo link. A maneira mais simples de digitar esse URL é:

mailto: endereço

TELNET

Um endereço que contém uma sintaxe de URL TELNET corresponde a um protocolo de rede, pois abre uma sessão com um servidor. A porta padrão é 23 e geralmente é omitida, criando um link da seguinte maneira:

telnet: // usuário: senha @ servidor: porta /

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário