Tipos de fontes de água

As fontes de água imitam os sons da natureza. Em vez de um grande fluxo de água a vários metros de altura, uma fonte de bolhas oferece um clique controlado. Pense nas ondas batendo nas falésias e esguichando nas pedras. Um demonstra poder e beleza formidáveis. O outro convida você a relaxar o corpo e a mente. Diferentes tipos de fontes são usados ​​para destacar espaços internos e externos, públicos e privados.

Fontes tradicionais

Uma fonte tradicional de bolhas pode ser tão simples quanto um vaso de cerâmica com água e um tubo que lhe permite circular. Os menores podem entrar em uma mesa, enquanto versões maiores podem ser incorporadas às paisagens. Na tradição japonesa, o uso de materiais naturais, como pedras polidas e bambu, é frequentemente incorporado. A fonte de Tsukabai foi apresentada por pantanais budistas e é tradicionalmente usada para limpeza antes de entrar na casa. Geralmente é um vaso de pedra simples, às vezes com pequenas pedras no fundo. A água sai do fundo através de uma bengala de bambu, com a ajuda de uma pequena bomba.

Fontes da Nova Era

Designers trazem novas idéias de fontes para aprimorar os espaços de escritórios e residências. As cachoeiras da parede são curvas e retas. As versões menores têm um design em zigue-zague e decoram mesas ou mesas. Todos usam um jogo de luzes na água. Outras versões incluem colunas de água, onde os jatos dançam dentro de uma fonte circular, e a parede da água, onde camadas de água caem lentamente sobre um acrílico transparente, criando um efeito calmante. As cachoeiras às vezes incorporam desenhos tradicionais, como um recipiente com pedras e vidro coloridos. A água vem de baixo das pedras e cai em cascata em outro recipiente decorativo.

Fontes de jardins públicos

As fontes são frequentemente usadas como decoração em jardins públicos. Na Michigan State University, no 4-H Children’s Garden, existem várias fontes vinculadas a uma principal. São estruturas simples de tubos com um bico no final. A água flui para fora e para baixo de forma circular, em forma de cogumelo. Conhecidas como Fontes de Bolha Mágica, elas são projetadas para crianças que gostam de brincar na água. Em Copenhague, nos Jardins Tivoli, há uma fonte proeminente que decora parte do jardim dedicado ao Oriente Médio. Em frente a um prédio que se assemelha ao Taj Mahal, um lago circular está localizado no meio de um grande pátio. Os canos de diferentes alturas estão localizados na lagoa, cada um com sua própria fonte de água. A água não sai, mas sai ligeiramente de cada tubo. Jardins Tivoli chamam de Bubble Fountain.

Fontes interativas

San Jose, Califórnia, levou as fontes de água a um novo nível. Na Praça Cesar Chavez, perto do Museu das Crianças, há um longo chafariz que o convida a entrar e se molhar. Em uma cidade onde o verão é longo e quente, adultos e crianças podem ir ao centro da cidade em busca de alívio dessas fontes. A água vem do solo, formando um padrão de rede. Nesta fonte, as pessoas são tão divertidas quanto a própria estrutura. É um caso em que você não encontra necessariamente paz e tranquilidade, mas sorrisos e risadas, igualmente bons para a alma.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário