Plano de treinamento de basquete

O basquete é um dos esportes mais populares do mundo, porque pode ser praticado por qualquer pessoa praticamente em qualquer lugar, com poucas despesas. Tudo o que é necessário para melhorar é uma bola e uma cesta. Não é necessário ter centenas de dólares em equipamentos ou até muita gente para jogar e, de fato, você pode jogar de maneiras diferentes. Uma única pessoa pode fazer lances livres na rua, jogar com alguém no ginásio do bairro ou jogar cinco contra cinco no meio da quadra.

Primeiros passos

O basquete exige que o jogador corra pela quadra dezenas de vezes por jogo, pule, vire, mude de direção rapidamente e jogue a cabeça primeiro para recuperar as bolas. Um jogador não pode fazer isso a menos que ele estique seus músculos adequadamente. Antes do treino, corra lentamente pela quadra ou pelo menos 300 metros se você jogar em uma quadra que não possua as medidas regulatórias. Em seguida, estique os braços, costas, pernas e joelhos. Por fim, corra de um lado da quadra para o outro, enfatizando a parada e a partida rápida. Todo esse aquecimento deve durar cerca de 20 minutos.

Aquecer com a bola

Após o aquecimento, gaste cerca de 15 minutos driblando a bola, jogando-a na cesta e realizando vários exercícios com ela. Isso não deve ser estruturado. Concentre-se em seus movimentos e limpe sua mente.

Trabalhe os tiros

Comece jogando 30 lances livres. Pense na mecânica de cada tiro. Em seguida, foque nas bandejas com cada mão por cerca de 5 minutos. Em seguida, pratique seu tiro de suspensão jogando-o no cesto, fazendo o rebote e indo para uma nova posição para dar outro tiro. Concentre-se na velocidade e em como executar esses exercícios. Se você errar um arremesso e o rebote se afastar da cesta, pegue a bola e atire a partir dessa posição. Pratique sua tacada por 30 minutos.

Prática da bola quicando e passando

Gaste cerca de 20 minutos para exercitar sua habilidade de drible. Isso pode ser feito sozinho usando cones, tentando driblar entre eles. Os exercícios de passe também podem ser feitos estando sozinhos, marcando pontos na parede e trabalhando para que a bola os atinja de maneira rápida e precisa. Outro exercício de drible sozinho é o tom-tom, no qual o jogador se abaixa e tenta driblar a bola para frente e para trás entre as mãos, a cerca de 15 centímetros do chão. Estes exercícios devem durar 20 minutos.

Exercícios de salto

Bounce é algo como uma forma de arte perdida. A maioria dos jogadores simplesmente pensa que pular e pegar a bola é a chave, mas o seguinte é um exercício que o ajudará a vencer a batalha pelo rebote. Peça a alguém que tire a bola um pouco do alcance ou segure-a usando um elástico. Concentre-se em pegar a bola com as pontas dos dedos e trazê-la para o peito. Isso aumentará sua força. Faça isso por cerca de 5 minutos.

Exercícios de velocidade

Pratique sua velocidade. Se você estiver sozinho, pule a corda por cerca de 10 minutos. Concentre-se na velocidade e quantas vezes você pode pular consecutivamente sem falhar. Ao trabalhar com uma equipe, os jogadores praticam driblar a bola de um lado para o outro com os olhos e a cabeça levantados e arrastar os pés de um lado para o outro. Além disso, pratique a postura correta, com os joelhos dobrados, as costas retas e a cabeça para a frente.

Refrigeração

Termine sua prática da mesma maneira que a iniciou, lançando lances livres, depois correndo devagar e, finalmente, esticando-se para resolver qualquer tipo de dor muscular.

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário