O meu Toshiba Satellite não consegue se conectar a uma rede sem fio

Problemas de conexão sem fio podem ser frustrantes em qualquer laptop. O Toshiba Satellite possui um programa útil (o Toshiba Wireless Manager) que elimina parte dessa frustração. A conexão a uma rede sem fio usando o adaptador interno de um Toshiba Satellite pode exigir algumas alterações iniciais nas configurações. Isso pode ser feito usando o Toshiba Wireless Manager. Como em todas as redes sem fio, as configurações do notebook devem corresponder às da rede.

Passo 1

Faça o download dos drivers atuais do adaptador sem fio na página de download da Toshiba. Eles devem ser instalados para uso com o adaptador sem fio interno do laptop Satellite. Eles são instalados de fábrica, mas se a conexão sem fio não puder ser estabelecida, eles podem ter sido perdidos, danificados ou obsoletos. O download vem com o programa Toshiba Wireless Manager, que é útil para conectar-se a redes sem fio. Clique em “Salvar” para iniciar o download e “Executar” quando terminar, para instalar o software.

Etapa 2

Verifique as configurações da rede sem fio à qual você deseja se conectar. Para a Linksys e outros roteadores sem fio, eles podem ser acessados ​​digitando o endereço IP “192.168.1.1” em um navegador da Internet. Se você não conseguir estabelecer uma conexão local no Toshiba Satellite, use outro computador com capacidade sem fio ou conecte-se ao roteador com um cabo Ethernet. Encontre as configurações sem fio no menu do roteador e veja que tipo de segurança a rede usa. Escreva também o nome e a senha.

Etapa 3

Abra o Toshiba Satellite Wireless Manager e selecione “Verificar redes sem fio”. Se o nome da rede estiver listado, selecione-o e escolha “Conectar”. Digite o tipo de segurança e a senha de configuração do roteador e clique em “Ok”. Abra um navegador da Internet para testar a conexão. Se o Satellite se conectar, mas ainda não acessar a Internet, o problema provavelmente é o roteador. Verifique se o cabo Ethernet está conectado corretamente ao modem, pois eles tendem a se soltar.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário