Minha tela do celular não liga depois de ter sido danificada com água

Se você deixar o telefone cair na água e a tela não ligar, você ainda poderá salvar o dispositivo. É importante agir rapidamente para evitar mais danos aos componentes eletrônicos do celular. Você deve secar o celular o mais rápido possível, usando métodos de secagem delicados, e então estar preparado para aguardar vários dias antes de ligar o celular novamente para garantir que a água evapore.

Desligado

O passo mais importante para salvar um celular com danos causados ​​pela água é desligá-lo imediatamente. Quanto mais componentes eletrônicos estiverem ligados, maior a probabilidade de a água causar um curto-circuito. Remova a bateria para impedir que qualquer carga elétrica toque na água.

Lavagem

Se o telefone estiver danificado por água salgada ou uma bebida açucarada, lave-o com água fresca antes de deixá-lo secar. Tanto o sal quanto o açúcar são muito corrosivos e podem destruir componentes eletrônicos, pois se solidificam quando a água evapora.

Secagem

Procure toalhas de papel e cotonetes para começar a secar o telefone. Limpe-o da melhor maneira possível, por dentro e por fora. Seque também o compartimento da bateria e, se for possível abrir a tampa traseira e expor os componentes, seque-os suavemente com um cotonete. Você também pode usar um secador de cabelo com potência mínima para se livrar da água dentro do telefone, mas mantenha o secador a pelo menos 15 cm de distância para evitar danos causados ​​pelo calor.

Agentes secantes

Coloque o telefone em uma tigela cheia de arroz cru ou gel de sílica, que geralmente é visto em produtos alimentícios, como carnes e frutas secas ou em jaquetas de couro. Se você tiver pacotes de sílica gel nas contas, abra-os e encha o recipiente com as contas. Cubra o recipiente com uma tampa e aguarde pelo menos três dias. O arroz ou sílica gel ajudará a extrair a água restante no telefone. Após três dias, ligue o telefone novamente e veja se ele aparece na tela. Caso contrário, o telefone poderá sofrer danos irreparáveis ​​devido à água.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário