Como usar variáveis ​​em uma instrução MySQL Select

No MySQL, você pode definir uma variável em uma instrução e usá-la em outra. As variáveis ​​são declaradas usando a sintaxe “SET @var_name = value;”. Ao criar as variáveis, você pode usar qualquer um dos tipos de dados inteiro, decimal, ponto flutuante, binário, sequência ou nulo e usá-los em cálculos ou como parte da instrução em outras consultas. O MySQL converte outros tipos de dados, como Boolean, em tipos permitidos. Ao sair do MySQL, as variáveis ​​definidas são liberadas.

Passo 1

Abra o MySQL e acesse a ferramenta de consulta.

Etapa 2

Escreva e execute as seguintes consultas:

SET @ var1 = 5; SET @ var2 = ‘Olá’; SET @ var3 = Verdadeiro; SELECT @ var1, @ var2, @ var3;

O MySQL mostra todas as variáveis ​​em sua própria coluna devido a diferentes tipos de dados. Observe que a terceira variável usa um valor booleano, mas o MySQL a converte em “1”, o equivalente inteiro de “true”.

Etapa 3

Escreva e execute as seguintes consultas:

SET @ var1 = 2; SET @ var2 = 3; SET @ var3 = 4; SELECT @ var1 + @ var2 + @ var3;

O MySQL mostra os resultados em uma única coluna e mostra “9”, a soma dos três valores da variável.

Etapa 4

Escreva e execute as seguintes consultas:

SET @ var1 = b’1000011 ‘; SELECT @ var1;

Essa consulta converte o número binário em um número decimal e, em seguida, retorna o valor ASCII, nesse caso, o caractere “C” em maiúsculas.

Etapa 5

Escreva e execute as seguintes consultas:

SET @ var1 = CAST (b’10001 ‘COMO NÃO ASSINADO), @ var2 = b’10001’ + 10; SELECT @ var1, @ var2;

O MySQL usa a função de conversão para converter o parâmetro binário em um número inteiro não assinado, que neste caso é igual a 17 e o atribui à primeira variável. Ele também converte a segunda variável binária em um número inteiro e adiciona 10 ao total de 27.

Etapa 6

Escreva e execute as seguintes consultas:

SET @ var1 = ‘valor’; SELECT * FROM nome_tabela WHERE coluna = @ var1;

Esta consulta usa a variável na cláusula “where” para filtrar os resultados da instrução SELECT.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário