Como usar um Konica Minolta Bizhub 350 como um scanner

O processo de digitalização é amplamente utilizado em muitos escritórios. Muitas empresas usam scanners para reduzir a quantidade de arquivos em papel em seus escritórios, substituir aparelhos de fax de alto custo e melhorar sua capacidade de compartilhar informações com colegas e clientes. A Konica Minolta Bizhub é uma copiadora multifuncional que pode ser configurada para funcionar como uma impressora de rede e como um scanner de alta velocidade. Uma vez instaladas as duas funções, o Bizhub 350 será muito mais que uma simples copiadora.

Passo 1

Instale os drivers do scanner em um servidor de rede. Os 350 drivers vêm nos discos de instalação que acompanham o dispositivo. Se você não conseguir acessar os CDs originais, poderá fazer o download dos drivers no site da Konica Minolta.

Etapa 2

Crie pastas compartilhadas no servidor em que você verificará os arquivos. Dependendo do sistema operacional, pode ser necessário atribuir permissões de acesso a usuários ou grupos de usuários individuais. Para que um funcionário acesse a pasta compartilhada, ele deve ter permissões de “leitura e gravação”. A “leitura” permitirá visualizar os arquivos na pasta, enquanto a “gravação” permitirá digitalizar os arquivos e salvá-los na pasta.

Etapa 3

Mapeie o scanner Bizhub 350 no servidor compartilhado. Abra o menu “Configurações do scanner” no menu “Configurações” e digite o endereço IP do servidor em que você criou as pastas compartilhadas. Quando o 350 se conectar ao servidor, ele encontrará as pastas compartilhadas e criará “mapas de verificação” para cada uma dessas pastas.

Etapa 4

Pressione o botão “Salvar” no painel da tela de toque para definir as configurações do scanner.

Etapa 5

Pressione o botão “Scanner”, localizado no painel frontal do 350 para deixar o dispositivo no modo scanner. Uma vez nesse modo, você pode selecionar as pastas que deseja usar para as imagens digitalizadas, bem como os tipos de arquivos que deseja usar para salvar as imagens. O Bizhub é compatível com os formatos de arquivo PDF, TIFF e MTIFF dos arquivos que você digitalizou.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário