Como transferir fitas de vídeo analógicas de 8 mm para DVD?

As fitas de vídeo analógicas de 8 mm foram muito populares entre os anos 80 e o início dos anos 90. Esses tipos de fitas apresentam problemas técnicos, como o “emaranhamento da fita”, cuja qualidade de imagem é perdida após a exibição e Avanço rápido ou retrocesso. Também acontece que, se a fita não for observada por muitos anos, a erosão das substâncias magnéticas ocorrerá na superfície da fita. As fitas também ficam pegajosas, frágeis e quebradiças e podem quebrar facilmente. Com o advento da era digital, a tendência das pessoas que desejam salvar suas imagens é converter essas fitas em DVD. O formato do DVD é muito superior ao formato de 8 mm em termos de qualidade de imagem e tem uma vida útil mais longa.

Conecte os cabos de saída de áudio e vídeo de uma câmera de vídeo de 8 mm aos terminais de entrada de uma mini câmera de vídeo digital (DV). Selecione a filmagem da fita de 8 mm que deseja iniciar a digitalização e pressione “Pausar”. É melhor pressionar “pausar” em vez do botão “Parar” para evitar o intervalo ou atraso da imagem pressionando o botão “Reproduzir” para iniciar a gravação digital.

Pressione o botão “Reproduzir” na câmera de vídeo de 8 mm e pressione o botão “Gravar” na câmera de vídeo digital. Isso converterá o formato analógico de 8 mm para o formato mini DV. O mini DV é um formato popular que pode ser facilmente transferido para DVD posteriormente.

Transfira o material digital convertido para o seu computador. Rebobine a fita mini DV até o ponto inicial em que você gravou as filmagens de 8 mm. Conecte o cabo firewire da filmadora mini DV à porta firewire (também chamada IEEE 1394) do seu computador.

Abra o seu software de edição de vídeo no seu computador. O software de edição de vídeo disponível no mercado hoje inclui o Adobe Premier, Pinnacle Studio e Sony Vegas. Todos eles têm a capacidade de capturar imagens da sua câmera de vídeo digital e salvá-las no seu disco rígido. A maioria desses programas permitirá que você adquira o arquivo de vídeo de diferentes fontes, como no disco rígido ou em um dispositivo conectado. Nesse caso, selecione “Capturar da câmera de vídeo digital”.

Edite seu arquivo de filmagem, se necessário. Com o software de edição de vídeo, você pode organizar a sequência do material filmado com uma linha do tempo. Você também pode adicionar títulos, transições de cena e uma variedade de efeitos.

Defina as configurações de saída do DVD no menu principal, incluindo velocidade de gravação, código regional do DVD e proporção. Selecione MPEG-2 para o formato de saída, pois funciona melhor na gravação de DVD. Insira um disco de DVD em branco e pressione o ícone “Gravar” ou dê a ordem no programa de edição que normalmente também é encontrado no menu principal.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário