Como projetar um ERP

ERP (empresa, recursos e planejamento) refere-se a conceitos de negócios e tecnologia para a implementação de sistemas de automação. A criação desse esquema requer muitas pessoas com habilidades diferentes. Os consultores de TI e de negócios desempenham um papel importante no processo de planejamento e design. Existem várias abordagens para essa enorme tarefa, incluindo a permissão do sistema para ditar os processos ou vice-versa, por exemplo, para projetar os processos e, em seguida, o design dos sistemas que se adaptam. Idealmente, um compromisso entre as duas partes provavelmente fornecerá a melhor abordagem.

Passo 1

Contrate consultores qualificados. A menos que você seja um especialista em negócios e TI, pode ser necessário contratar os serviços de consultores externos. Se você possui apenas uma pequena empresa, vale a pena ter uma rede simples e obter contatos de pessoas que podem ajudá-lo no processo de design.

Etapa 2

Documente os processos existentes em uma lista e em notas escritas. Vale a pena documentar os processos existentes usando diagramas, notas e estatísticas às quais você poderá se referir posteriormente ao projetar um novo sistema.

Etapa 3

Faça um diagrama de todos os fluxos de dados no sistema, incluindo entradas, saídas e processamento. Isso pode ser alcançado através do uso de técnicas apropriadas de criação de diagrama, como diagramas de fluxo de dados (DFD), Linguagem de Modelagem Unificada (UML) ou outros.

Se você não estiver familiarizado com nenhuma técnica de design específica, basta desenhar um diagrama básico que mostre de onde vêm as informações e seu destino. Uma visão geral dos sistemas ajuda nas áreas que precisam de aprimoramento, modificação ou eliminação.

Etapa 4

Projete o novo sistema. A partir da documentação disponível e da sua análise, projete um novo sistema usando técnicas de design semelhantes. Compare os dois designs para ver o que mudou e se isso reflete sua maneira de pensar sobre o projeto.

Etapa 5

Verifique o design. Depois de projetar um ERP, revise as informações para poder repensar todas as áreas controversas ou que não se encaixam no design geral. Você pode precisar revisar o design várias vezes antes de ficar satisfeito com o resultado. Isso também pode envolver um “tutorial” mental de um sistema enquanto ele funciona.

Etapa 6

Identifique o hardware e o software. Depois de concluir o design, você poderá procurar por hardware e software que permita colocar seu design de ERP em ação.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário