Como localizar gargalos de rede

A proliferação de conexões de Internet de banda larga permitiu a transferência de músicas e filmes, algo que seria impossível com conexões lentas, como conexões discadas. Os problemas de rede podem aumentar drasticamente a quantidade de tempo necessária para baixar um arquivo ou até causar um erro no download. Embora vários componentes estejam envolvidos na criação de uma conexão de rede, é possível isolar a origem de um gargalo, concentrando-se inicialmente nas fontes mais frequentes de problemas de rede.

Passo 1

Confirme se há um gargalo que interfere no desempenho da rede. Durante o horário de pico, o desempenho da rede será reduzido significativamente. Verifique com seu provedor de serviços para garantir que não haja cortes no serviço. Diagnostique um problema de rede se os problemas ocorrerem regularmente e se o provedor de serviços confirmar que a rede está funcionando corretamente.

Etapa 2

Verifique todas as placas de interface de rede instaladas nos computadores conectados à rede. Uma placa de interface de rede com defeito pode transmitir informações “ruins” que retardarão a conexão de todos os computadores na rede. Verifique cada placa conectada à rede manualmente ou use o software para solucionar problemas de rede disponíveis no mercado.

Etapa 3

Inspecione todos os cabos de rede usados ​​para garantir que todos os cabos estejam firmemente inseridos em todos os dispositivos. Verifique os cabos para garantir que não estejam danificados ou dobrados. Verifique se os cabos não estão instalados perto de fontes potenciais de interferência, como cabos elétricos de alta tensão.

Etapa 4

Instale o software de monitoramento de rede para determinar a causa exata do gargalo sem precisar verificar individualmente os componentes da rede. O software fornecerá informações sobre como a largura de banda da rede está sendo usada, bem como informações sobre equipamentos específicos ou outros dispositivos de rede que estão diminuindo a velocidade. Essa é a melhor ferramenta para redes grandes, onde a verificação de todos os dispositivos conectados à rede não é prática.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário