Como garantir que a janela do Skype esteja sempre no topo?

O Skype conecta amigos e famílias a quilômetros de distância por meio de videochamadas. Mesmo que você não precise fazer várias coisas enquanto usa o Skype, alguns usuários precisam que a janela apareça sobre os outros aplicativos. As configurações pessoais no Skype, além de outros programas, podem manter essa janela em cima das outras.

Preferências do Skype

As preferências no Skype podem deixar sua janela acima das outras durante as chamadas. Para desativar esse recurso, abra o Skype e clique em “Preferências”. Abra a opção “Chamadas” e desmarque a opção “Mostrar chamadas atuais quando o Skype está em segundo plano” para minimizar a janela durante uma chamada ativa.

Pin no Windows 7

O Windows 7 introduziu a capacidade de “fixar” itens na barra de tarefas para que eles estejam sempre disponíveis. A correção de um aplicativo na barra de tarefas não coloca a janela em cima de outras ativas, mas deixa o ícone do programa na barra, mesmo quando não está em uso. Para remover o Skype da barra de tarefas, clique com o botão direito do mouse no ícone “Skype” e selecione “Soltar este programa da barra de tarefas”.

Remova o ícone do Skype da barra de tarefas

A instalação padrão do Skype criará automaticamente um ícone na barra de tarefas no Windows 7. Esse ícone será colocado na barra de tarefas, mesmo que você não tenha sido fixado de propósito. Abra o Skype e clique na opção “Ferramentas” na barra de menus. Selecione “Opções” e clique na guia “Avançado”. Desmarque a opção “Manter o Skype na barra de tarefas enquanto estiver conectado” para remover o ícone do Skype da barra de tarefas.

Outras aplicações

Outros aplicativos, como “DeskPins”, “Power Menu” e “Auto HotKey Script”, podem fazer com que a janela do Skype fique em cima de outras quando você estiver fazendo várias coisas ao mesmo tempo. Desative o aplicativo usado para priorizar o Windows ou remover o Skype da lista de programas afetados por esse aplicativo.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário