Como evitar o cyber bullying

O cyberbullying é assédio moral ou assédio por meios tecnológicos, como a Internet ou telefones celulares. As vítimas podem ser perseguidas on-line com mensagens instantâneas ofensivas ou ameaçadoras ou através de sites de redes sociais. Os perseguidores cibernéticos também podem enviar fotografias embaraçosas ou até publicar informações pessoais online, colocando as pessoas em perigo. De acordo com o Conselho Nacional de Prevenção ao Crime, esse assédio pode se tornar mais emocionalmente destrutivo do que o assédio presencial, porque as vítimas precisam lidar com o assédio moral em sua própria casa e não têm escapatória. Para evitar o cyberbullying, aja e proteja suas contas de tecnologia.

Passo 1

Ignore qualquer email, mensagem instantânea ou outras entradas ofensivas dos perseguidores cibernéticos. De acordo com o Conselho Nacional de Prevenção ao Crime, aproximadamente 81% dos perseguidores intimidam as pessoas porque acreditam que suas reações são divertidas, para que pudessem parar se ninguém seguir a “piada”.

Etapa 2

Altere as configurações de qualquer programa de mensagens instantâneas para permitir apenas amigos especificados. Isso impedirá que qualquer perseguidor possa atacá-lo pessoalmente quando estiver online.

Etapa 3

Mude qualquer perfil de uma rede social para privado e adicione apenas às pessoas que você realmente conhece e seja seu amigo. Entre em contato com o moderador do site, se um perseguidor cibernético enviar mensagens privadas ameaçadoras ou se você vir entradas não autorizadas com sua foto ou informações pessoais em sua página. Esse tipo de comportamento geralmente é uma violação dos Termos de Serviço, e o site excluirá sua página e eliminará o perseguidor.

Etapa 4

Altere suas senhas, se um perseguidor invadiu alguma de suas contas online. Nunca conte a ninguém suas senhas, pois você não sabe se elas serão usadas contra você. Altere seus nomes de usuário ou endereços de e-mail para dificultar o contato com você.

Etapa 5

Imprima qualquer email, mensagem instantânea ou páginas da Web que contenham material intimidador, se o assédio ainda o incomodar. Salve também mensagens de texto no seu telefone celular. Mostre-os ao diretor da escola, se isso acontecer nos computadores da escola, ou leve-os à polícia, se você tem medo de sua segurança pessoal.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário