Como converter um PDF de música em caracteres de notas musicais

Digitar uma notação musical manualmente usando o mouse é um trabalho tedioso. Mesmo usando um teclado musical é geralmente um processo longo e árduo. Se você digitalizou partituras em um documento PDF ou pode fazê-lo, use um programa chamado Music OCR (reconhecimento óptico de caracteres) para converter o documento em notação musical para que possa ser lido, editado e impresso a partir de um programa de notação musical, como o Finale ou o Sibelius. Isso pode ser muito útil quando você precisar modificar ou adaptar uma música escrita em um pedaço de papel.

Passo 1

Baixe o programa Music OCR e instale-o no seu computador. O SharpEye Music Reader oferece uma avaliação gratuita.

Etapa 2

Abra o arquivo PDF no Adobe Reader ou em um programa similar e pressione “Arquivo” no canto superior esquerdo da tela. Selecione a opção “Salvar como” e, na caixa “Tipo de arquivo”, coloque o tipo de arquivo “TIFF”. Selecione um local para o arquivo e pressione “Salvar”. Os arquivos PDF não podem ser importados diretamente para a maioria dos programas de Music OCR.

Etapa 3

Abra o SharpEye Music Reader ou qualquer outro programa de OCR da música.

Etapa 4

Pressione “Arquivo” no canto superior esquerdo da tela e escolha “Abrir imagem” no menu suspenso. Vá para o local do arquivo TIFF que você salvou na etapa anterior e clique nele para abri-lo.

Etapa 5

Pressione “Ler” na parte superior da tela e escolha esta opção. O programa começará a analisar o documento. Quando você terminar de ler o arquivo, continue com a próxima etapa.

Etapa 6

Pressione “Arquivo” e selecione “Salvar música como” para salvar a música reconhecida. Escolha um tipo de arquivo, dependendo do programa que você deseja usar para editar a música. Os tipos de arquivo “NIFF” e “MusicXML” são os mais comuns ao exportar para Finale ou Sibelius, como na maioria dos outros editores de partituras.

Etapa 7

Abra o arquivo exportado no seu editor de partituras favorito para editar a notação ou imprimi-la.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário