Como calcular os valores de potência de um transformador

Os transformadores são a espinha dorsal dos sistemas de distribuição de energia. A classificação de potência refere-se à classificação da distribuição de energia em relação à quantidade de energia que o transformador pode fornecer à carga. Para calcular a energia, é necessário conhecer a tensão de alimentação e a corrente fornecida à carga. Obtenha a tensão de alimentação nas especificações de tensão associadas aos enrolamentos primário e secundário. Em seguida, aplique a tensão e meça a corrente que flui através da carga.

Passo 1

Encontre a tensão primária e secundária do transformador nas referências das especificações do transformador. Por exemplo, suponha que o primário seja 480 volts e o secundário tenha 208 volts.

Etapa 2

Desligue a energia do sistema. Coloque suas luvas de segurança e siga as precauções normais ao trabalhar com eletricidade.

Etapa 3

Conecte o lado secundário do transformador à carga elétrica. Conecte um amperímetro em paralelo entre o lado secundário do transformador e a carga. Conecte uma fonte de alimentação ao lado primário do transformador. Verifique se a fonte de alimentação é capaz de fornecer a voltagem necessária do enrolamento primário do transformador. Usando os números de amostra, você garantirá que a fonte de alimentação possa fornecer os 480 volts necessários para o enrolamento primário.

Etapa 4

Conecte a fonte de alimentação ao enrolamento primário do transformador. Observe e registre os amperes registrados no amperímetro. Chame esse valor de “I” e assuma, a título de exemplo, que isso é igual a 65 amperes.

Etapa 5

Calcule o valor da potência usando a fórmula “VAvalues ​​= (Vsecondary x I) / 0.8”, em que Vsecondary é a tensão secundária do transformador e o valor de 0.8 é o fator de potência da carga. Continuando com o exemplo: valores VA = (208 x 65) / 0,8 = 16.900 Volts-amperes, ou 16,9 quilovolts-amperes, ou 16,9 KVA.

Referências

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário