Como alterar o privilégio para uma tabela MySQL

Haverá momentos em que vários usuários precisarão acessar o mesmo banco de dados, e você terá que alterar os privilégios da tabela MySQL. Dependendo das necessidades do usuário, você pode fornecer acesso limitado ou total ao banco de dados. O MySQL fornece um mecanismo para implementar esse tipo de alteração na tabela de privilégios com o comando GRANT.

Alterar uma tabela de privilégios do MySQL

Passo 1

Efetue login como root ou outro usuário administrador. Para usar o comando MySQL GRANT, é necessário ser root ou outro usuário com privilégios. Na linha de comando do cliente MySQL, conecte-se ao banco de dados como raiz. Exemplo: mysql -u root -h localhost

Etapa 2

Substitua localhost pelo host base, a menos que você esteja executando o servidor MySQL no mesmo computador que está usando. Caso contrário, use o nome do host do servidor MySQL. Exemplo: mysql -u root -h localhost -p

Conceder privilégio de ‘leitura’

Passo 1

Conceda privilégios de leitura a um usuário se ele não precisar alterar nenhum dado. Por exemplo, se o departamento de marketing quiser ter acesso ao banco de dados do cliente, você poderá conceder a ele acesso somente leitura a esse banco de dados.

Etapa 2

Consiga isso com o comando GRANT em três partes do usuário root. Para alterar privilégios, o GRANT exige que você execute o comando para quem terá privilégios de acesso a bancos de dados e tabelas e quais senhas devem ser usadas para efetuar login. Neste exemplo, o comando GRANT concede permissão para usar o comando SELECT em todas as tabelas no banco de dados customers_db. É concedida permissão para o login do usuário ‘marketing’ de ‘localhost’, que se identifica com a senha ‘some_password’. Exemplo: GRANT SELECT ON customers_db. * TO ‘marketing’ @ ‘localhost’ IDENTIFICADO POR ‘some_password’; ‘some_password’;

Conceder privilégio de ‘gravação’

Passo 1

Conceda privilégios de gravação ao usuário. Este comando tem a mesma forma que conceder privilégios de leitura, mas adicione mais comandos com SELECT.

Etapa 2

Identifique que tipo de privilégios o usuário precisará. Aqui, o comando concede a permissão do departamento de contabilidade para inserir e atualizar, além de selecionar dados dos bancos de dados do cliente. Exemplo: GRANT SELECT, INSERT, UPDATE ON customers_db. * TO ‘accounting’ @ ‘localhost’ IDENTIFICADO POR ‘some_password’;

Conceder privilégio de “administrador”

Passo 1

Conceda privilégios de administrador a um usuário. Este comando concede permissões para executar todos os comandos.

Etapa 2

Use este comando para dar a outros administradores controle total sobre um banco de dados. Exemplo: CONCEDE TODOS OS PRIVILÉGIOS EM customers_db. * TO ‘admin’ @ ‘localhost’ IDENTIFICADO POR ‘some_password’

 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário