Cabos Ethernet CAT-5e vs. CAT-6

Os cabos Ethernet Cat-6 e Cat-5e, apesar de muito semelhantes, têm muitas diferenças sutis. Isso inclui sua taxa de transmissão de dados protegida, conectores e frequências.

O que é cat-5e?

Os cabos da categoria 5e ou Cat-5e são a evolução do cabo Cat-5 padrão comumente usado, usado para transmitir dados entre equipamentos eletrônicos. Os cabos Cat-5e operam sob padrões mais rigorosos que o Cat-5, permitindo até 100 megahertz (MHz) com uma impedância de 100 ohm, resultando em taxas de transmissão mais rápidas.

O que é o gato-6?

O cabo categoria 6 ou Cat-6 é outra evolução do cabo Cat-5e. É certificado para permitir velocidades de um gigabit (1.000 megabits) e suas dicas incluem conectores 8P8c, que são semelhantes ao conhecido RJ-45 usado pelos cabos Cat-5 e Cat-5e.

Por que escolher o Cat-5e?

Os cabos Cat-5e permitem que uma rede opere em velocidades próximas a gigabit, embora tecnicamente eles não sejam certificados para garantir essas velocidades. Quando não é crítico que uma rede atinja um gigabit de velocidade, ou quando existe um produto que não atinja essa velocidade, os cabos Cat-5e oferecem uma alternativa econômica ao Cat-6.

Por que escolher o Cat-6?

Os cabos Cat-6 garantem velocidades de gigabit do usuário e também permitem transmissões de dados de até 10 gigabits por segundo. Para alcançar uma rede gigabit completa ou atender aos requisitos que exigem apenas um suporte físico de gigabit, o Cat-6 é a escolha certa.

Informação adicional

Existem muitos padrões de cabo Ethernet que variam do Cat-3, que agora é usado principalmente para chamadas telefônicas, ao Cat-7, que opera a 600 MHz, mas raramente é usado.

A maioria dos cabos é certificada para determinadas velocidades de até 100 metros. Quando são necessárias distâncias maiores, o sinal deve ser repetido ou um cabo de qualidade superior deve ser usado.

Referências

Categorias Hardware
 

Você pode estar interessado:

Deixe um comentário